web analytics

Eu, arguido

No passado dia 8 de Março, logo às primeiras horas da manhã, fui acordado por quatro simpáticos e anónimos inspetores da PJ – só um se dignou identificar-se.
No dia Internacional da Mulher, e dado o meu estado de solteiro, teria sido mais simpático enviarem inspetores de sexo feminino mas só veio uma.

Rui Cruz

Enquanto me “arrumavam” a casa – tudo no estilo “Feng-Shui” – fui questionado sem nunca conhecer os motivos que se escondiam por detrás de tão agradável e matutina visita (nota: para a próxima, sff, tragam-me o café e os jornais da manhã, obrigado).

Não fosse o incómodo e a humilhação, a cena até podia ter sido retirada do guião de uma telenovela do Moita Flores. Mas não.Afinal, o meu perfil acho que nem corresponde sequer ao das personagens habitualmente imaginadas pelo ex inspetor da Policia Judiciária: solteiro, ativista sem partido político, sem enredos amorosos, etc.

Ah., é verdade, sou membro do extenso, horrível e causador de tantos destúrbios à vida pacata dos cidadãos e ainda volta e meia extremista clube dos tais 99%. Não sei se isso ajuda a meu favor ou se quem lê isto percebe ironias, mas está dito.

E assim passei quatro horas. Embora em Angola na idade média um arguido fosse “um simples objeto do processo e nada mais, podendo ser alvo de humilhação, coação e da tortura”, aqui em Portugal temos efetivamente um melhor serviço para com a justiça, nem que seja por não estarmos na idade média.
Mas ainda assim não devemos ter direitos suficientes, já que os senhores inspetores nem sequer se deram ao trabalho de se preocupar com os meus.
Durante quatro longas horas, não tive a possibilidade de procurar conselho junto de um advogado (bem que eu queria um do estado, já que sou dos 99%) ou de contactar a família, colegas… ninguém. Ali fiquei, com o auspício da minha consciência, roído pelo stress e com fracos conselhos de e para mim próprio.

Sem entrar em detalhes – o que hoje me é proibido – concluo que tudo o que faz bip, tem botões e luzinhas pode interessar para a Justiça.

Sem nunca abordar os detalhes do caso (facto que sublinho), contactei um amigo a quem perguntei se as minhas atividades na internet tinham algo de ilegal.
O Tomé Mendes sabe que aqui ando desde há muitos anos e acompanha, mais ou menos, aquilo que vou fazendo na Web em alguns projetos:

“Não sei tudo o que fazes na Internet. Mas em todos os teus projectos de que tenho conhecimento, não vejo nada de mal. Não vejo nada de criminoso,” respondeu.
O Tomé acrescentou ainda que “o Tugaleaks é certamente o que mais problemas te pode trazer. Mas isso é porque escreves coisas que muitos não queriam ver divulgadas”.

Agora, mais calmo, recordo as palavras de um outro amigo – por sinal jornalista: “Portugal é um país de arguidos, a única coisa que os diferencia é o acesso que têm, ou não, à verdadeira Justiça”.

Passadas quase duas semanas, e enquanto aguardo as cenas dos próximos capítulos, vou relendo o conteúdo dos meus projetos sem nunca encontrar o “crime” de que sou acusado e me foi meio-contado.
Talvez os meus leitores e amigos me possam ajudar a esclarecer este mistério. Por favor?

Enquanto isso, se o tema te interessa, comenta – pode ser até que me possas indicar o “crime” que alegadamente cometi, porque os factos todos nem eu os sei como arguido – e partilha este texto nas redes sociais.

Obrigado.

Rui Cruz, o arguido.

 


Natural de Óbidos há 26 anos, diretor de informação do órgão de comunicação social Tugaleaks e um excelente rapaz - quer dizer, na maioria das vezes.

Comentários

  1. espalhem a mensagem http://t.co/5IfnsaZD Chegou a Policia de Pensamento a acabar com a liberdade de expressão #MAKEVIRAL

    1. JOão diz:

      o teu crime Rui, foi teres nascido português!!!!! o nosso povo é uma merda e como tal tem de ser tratado com todas as regalias que a merda merece….

  2. espalhem a mensagem http://t.co/5IfnsaZD Chegou a Policia de Pensamento a acabar com a liberdade de expressão #MAKEVIRAL

    1. pedro sousa diz:

      rui cruz for president……………..now

  3. espalhem a mensagem http://t.co/5IfnsaZD Chegou a Policia de Pensamento a acabar com a liberdade de expressão #MAKEVIRAL

  4. espalhem a mensagem http://t.co/5IfnsaZD Chegou a Policia de Pensamento a acabar com a liberdade de expressão #MAKEVIRAL

  5. espalhem a mensagem http://t.co/5IfnsaZD Chegou a Policia de Pensamento a acabar com a liberdade de expressão #MAKEVIRAL

  6. Costa diz:

    Não sei se é novidade para ti Rui mas para mim é, e achei que devias gostar de saber.

    Political pressure groups and leaders:

    …bla bla bla …TugaLeaks (a Web site that has become a mouthpiece for publicizing diverse protest action)…

    Está no separador Government.

    From https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/po.html

  7. [...] declarações ao TV65, Rui Cruz afirma que devido ao processo no qual é arguido publicado no seu site, sente-se cansado de lutar contra a corrupção. Decidiu por isso “entregar [...]

  8. @ruicruz Obrigada Rui, só agora é que estou a ler isto http://t.co/d5uQSUdG estou pasmada.

  9. hurr diz:

    Es um burrro!!!!

  10. Luis santos diz:

    precisas e de um corpo novo

  11. Alfredo diz:

    Num país onde tudo se omite, dizer a verdade é crime porque a verdade que não convém saber também o é.

  12. [...] muita gente e, como tal, já foi alvo de muitos ataques, sendo mesmo Rui Cruz constituído arguido.  Felizmente esta acção levada a cabo pela policia judiciária não fez com que ele [...]

  13. [...] – 18.689 visitasComo enviar uma newsletter – parte 1 – 17.103 visitasContacto – 12.799 visitasEu, arguido – 12.589 [...]

  14. [...] Rui Cruz, activista do Tugaleaks e de outras causas, contituído arguido, ainda não sabemos porquê, mas pode ler o que o Rui por enquanto pode contar. [...]

  15. [...] perceber e ler a versão original do Rui Cruz – responsavel pelo TugaLeaks, pode fazê-lo no blog pessoal onde ele termina com o seguinte: Talvez os meus leitores e amigos me possam ajudar a esclarecer [...]

  16. [...] – 18.711 visitasComo enviar uma newsletter – parte 1 – 17.628 visitasContacto – 12.934 visitasEu, arguido – 12.934 [...]

  17. Mario diz:

    A’ boa moda de “O Processo” de Kafka!

  18. [...] Tugaleaks parece que não é “um site qualquer”. A começar pelo seu fundador estar como arguido num processo deste Março, passando pelo Tugaleaks ter sido mencionado no CIA Factbook de Portugal em finais de Março e do [...]

  19. [...] da terra depois de mim – 18.729 visitasComo enviar uma newsletter – parte 1 – 17.903 visitasEu, arguido – 13.331 visitasContacto – 13.066 [...]

  20. Carlos Scarllaty diz:

    FORA COM A NOVA PIDE!!!
    Apoio a Rui Cruz e “Tugaleaks” incondicional!
    Disponham – FORÇA !!!

  21. Miguel diz:

    Compra-se AK-47, dinamite ou c4 (o que tiver em promoção), glock 18 (dextro, não vá haver engano) e muita munição.

    1. Pachon diz:

      Tenho uma navalha enferrugada, provavelmente com vírus de alguma doença…bem, na realidade é um corta-unhas mas vendo!

  22. O Homem diz:

    Vais apanhar sabonetes e vais gostar hehehe

  23. lux diz:

    compra uma metralhadora e mata todos do parlamento. da o exemplo e se n tens coragem, oferece 70 virgens a kem tem tomates.

  24. LOL diz:

    Isto é tudo mentira ! mete aqui as provas

  25. elsa david diz:

    Rui, dá aí uma ajuda rápido, tem que ser muita rápido, vai ao meu face. rápido

  26. Miguel diz:

    Não é por ser Rui também, mas calado não fico. E dou-te o meu apoio Rui, força TL sempre! [[[]]]

  27. [...] departamento e que ocorreram algumas ilegalidades como a recusa de advogado e outras constantes neste relato, e que a “fama” do DCIAP não é, por nós entendida, como boa. Antes pelo [...]

  28. [...] o nosso consentimento ou sem uma investigação criminal em andamento e devidamente fundamentada (a minha não é fundamentada). Ora, para isso, e tal como sempre defendi, é necessário e fundamental que [...]

  29. Bruno Cunha diz:

    Com certeza que não cometeste nenhum crime, mas provavelmente incomodaste muitas pessoas e essa visita é o resultado. De qualquer forma e de acordo com o escreveste ter a casa revistada sem saber o motivo acho no mínimo ilegal.
    Nota final: Por favor estás a escrever com uma mixordia da dita “antiga grafia” e o (des)acordo ortográfico. Fica aqui uma sugestão, escreve em português que sempre conhecemos e aprendemos.

  30. Vitor silva diz:

    Rui Cruz. Parece que a justiça portuguesa não tem mais nada que fazer. Tantos casos para resolver, mas enfim…
    Se és arguido, é porque incomodas. Se incomodas é porque est+as perto. Se estás perto é porque é verdade. Se é verdade então vai haver arguidos. Sr vai haver arguidos é porque incomodas(…) e assim em ciclo.
    A verdade nunca será apurada enquanto esta escumalha do poder judicial e politico comerem todos da mesma gamela.
    Não sei do que é que os militares estão á espera…
    Abraço e vai incomodando….

  31. Vitor silva diz:

    rui isto está mesmo preto. nem um comentário me deixam fazer. esta tudo minado

  32. victor sousa diz:

    mas que se espera quando se escolhem “comandantes de castelo” disfarçados de laranjas? E que bem acomnpanhados por esses zelosos funcionários de justiça (ou será da?), sempre dispostos a mostrar serviço?!
    Claro que só numa republica de bananas perto de si.
    E de que presumivelmente muitos idiotas se tornaram acionistas…

  33. [...] o nosso consentimento ou sem uma investigação criminal em andamento e devidamente fundamentada (a minha não é fundamentada). Ora, para isso, e tal como sempre defendi, é necessário e fundamental [...]

  34. antonio diz:

    Para saber porque podes começar por ler o Mandado que certamente te entregaram …bons sabonetes….

  35. Ja era mais que tempo era haver uma revoluçaozinho assim mais para o…violenta! :) Podia ser q as cadeiras dos CEO’s lhes abanasse a peida ;)

  36. […] é que começa o problema. Recebi uma carta do Tribunal. Isto por estes lados é algo comum, porque já cá vieram a casa uma vez buscar o material informático todo e estou acusado noutro processo – curiosamente, ambos com contornos ilegais. E este parece ser […]

  37. […] o Windows XP acabou, e muitos de vocês (eu não, porque a bófia há dois anos levou-me os PCs velhinhos todos) têm computadores velhos e potencialmente vulneráveis. Há formas de contornar isso, sendo elas o […]

© 2014 Rui Cruz. All rights reserved. Site Admin · Entries RSS · Comments RSS
Powered by WordPress · Designed by Theme Junkie