web analytics

Conduzir sem braços? Andar sem pernas? Fala-me lá novamente os teus problemas sff…

Há pessoas que nos marcam pela positiva. E hoje, na era digital, um vídeo vale mais do que mil palavras.

Cinco da manhã. Acordo, vou ao WC, vou beber água e volto para a cama. Aqui tudo normal exceto o facto de ter aberto o YouTube.

Um vídeo no feed mostra-me a Ticha UnArmed,  uma YouTuber sem braços  que faz vídeos de como conduzir de carro, como fazer uma sandes, como mudar um pneu – e sim, tudo isto sem braços.

Eis um exemplo:

Depois vejo um outro vídeo de  um YouTuber sem pernas :

 

Ok, cinco e vinte da manhã e já estava a ver a vida a andar para trás – ou para a frente – com coisas inimagináveis.

Na realidade, quando vemos os outros fazerem algo de diferente, ou serem diferentes, pensamos na vida de uma forma também diferente e muito menos pudica.

Se este post tivese uma secção “e o moral da história é” seria algo como: mesmo que a tua vida esteja de pernas para o ar, há sempre quem esteja pior, e embora isso não resolva a tua vida por si só dá-te força para a ires resolver.

 

Rui

Comentários

Last modified: 17/07/2018

× Close