web analytics

Não te lembraste de mim durante 299 dias e lembraste-te de mim no Natal?!

Como a maioria sabe, fiquei 299 dias sem usar a Internet. 2015 foi sem dúvida alguma o ano mais horrível da minha vida.

Passei por momentos que nunca pensei passar, fiquei privado de, literalmente, comunicar com pessoas da forma que comunicava. Perdi acesso à cultura, às compras online, à música, às pessoas.

E perdi também os números no cartão SIM. Por isso, quem me ligava a perguntar por mim, gravava os números. Era o mínimo que podia fazer, recordar cada pessoa que me ligava. Podia não saber quem eram, mas apontava o nome. Alguns ligaram-me quando voltei a ter net, outros só uma vez. Mas tinham nome.

Este Natal, recebi 18 mensagens de pessoas que não tinham nome. Eram um número, algumas sem uma assinatura que se dignasse a trazer nome. Algumas a desejar-me tudo de bom e coisas que tais.

Só posso por isso concluir que não me ligaram quando não tinha Internet.

[ads]

Por isso, aos provavelmente 18 idiotas que não se lembraram de mim no pior momento da minha vida, registado por todas as TVs, a abrir jornais entre 26 e 28 de Fevereiro, e publicados no meu Facebook por interposta pessoa, desejo uma vacina para a hipocrisia. Desejava também que levassem com um pinheiro por um certo olho acima, mas isso era indelicado…

O Natal não é isto. E vocês não são o espírito de Natal.

 

R.

Last modified: 25/12/2015

× Close