web analytics

Não ter uma namorada mas querer ter uma namorada

Biblicamente falando, o homem foi criado para procriar. Embora exista uma pequena maioria que queira estar sozinho ou não queira filhos, a grande maioria das pessoas querem ter algiém ao seu lado.

Quando somos adolescentes não pensamos nisso. Queremos curtir a vida e fazer com que as relações sejam divertidas e prazerosas. Mas aos 30 a maioria das pessoas quer é assentar os trapinhos e seguir com a sua vida em família.

Ter filhos faz, por isso, parte do conceito da maioria das famílias.

Há quem não tenha ninguém. Porque simplesmente não consegue. Ou tem poucas “social skills”, ou não foi prendado com a beleza que as outras pessoas procuram. Ou mesmo quando têm algum problema estético.

Assim sendo, a perceção das dificuldades pode nos levar a considerar a reestruturação do conceito de família.

Encontrar namorada

Eis algumas dicas importantes para conseguires melhorar estas chances:

– Redes Sociais: As redes sociais generalistas como o Facebook e o Instagram são uma boa forma de procurares a tua cara metade. Grupos de Facebook podem servir para encontrares pessoas que partilham dos mesmos temas e gostos que tu. Hashtags do Instagram podem igualmente levar-te a pessoas que se identifiquem com a mesma temática que tu gostas.

– Falar com amigos: Não é uma app mas sim uma questão de teres amigos que têm outros amigos certos. Muitos casamentos são origem em amigos de amigos. Embora hoje em dia seja menos frequente, há a possibilidade de ainda se juntarem pessoas à moda antiga!

– Apps específicas para encontros: Tinder e Badoo são das apps mais conhecidas para encontros. Nem sempre são aquelas mais desejadas, principalmente para o sexo feminino, já que se sentem um “cardápio” para escolha e onde se sexualiza muito a mulher. Mas, no geral, são apps concebidas para ligar duas necessidades numa e que funcionam para esse efeito. Algumas destas apps têm custos para uso das funcionalidades totais das mesmas.

– Agências matrimoniais: Em Portugal o conceito é relativamente conhecido há 10 ou 15 anos e trata-se de empresas privadas que recolhem dados de pessoas que se querem juntar. Através de uma análise psicológica e pela localidade de cada uma das pessoas, é apresentada uma pessoa cuja compatibilidade é analisada pelos gostos e outros pontos chave. No nosso país as duas agências mais conhecidas são a Amore Nostrum localizada em Lisboa e a Mi Amore localizada em Leiria. Esta é sem dúvida uma opção cara. Embora os sites não indiquem os valores praticados, estamos seguramente a falar de centenas de euros para o encontro do “par ideal” (palavras dos sites, não minhas).

 

E se nada disto resultar…

O incentivo ao avanço no âmbito pessoal, assim como a valorização de fatores tais como a tua autoestima, é uma das consequências do que consegues obter. Se não tentares, nunca terás. Se nunca quiseres, nunca terás.

Mas se nada resultar, há sempre algo que pode ajudar, sites para adultos. Este diretório de sites chamado Porn Dude tem uma lista infindável de sites, funcionando como uma espécie de Google para pornografia. Sabias que em termos de motores de busca, 25% dos pedidos são relacionados com pornografia? A estatística não mente. 🙂

Seja como for, com um pouco de sorte, este artigo vai-te ajudar a superares este problema e a transformares este problema numa solução.

Last modified: 25/02/2020

× Close